As Abelhas

O Alcorão Foi Escrito De Forma Mediúnica: Arcanjo Gabriel

ISLAMISMO

86 das 114 suras foram reveladas em Meca, onde Maomé nasceu em 570 e viveu até a idade de 52 anos. E 28 em Medina, onde se refugiou e morreu em 632.

De tempos em tempos leio o Alcorão. Os nomes dos suras são encantadores. Gosto muito do sura 16, As Abelhas. E aqui transcrevo uma parte do sura. Livro O Alcorão com tradução de Mansour Challita.

‘Foram os dons mediúnicos de Maomé que o levou a escrever o Alcorão. Quando ele contava 40 anos, o anjo Gabriel lhe apareceu no monte Hira mostrando-lhe um livro que o aconselhou a ler.

Três vezes Maomé resistiu a essa ordem e só para escapar ao constrangimento sobre ele exercido é que consentiu em o ler. Ele disse então haver sentido “que um livro tinha sido escrito em seu coração”.

Profundamente perturbado com sua visão e de volta ao monte Hira, presa da mais viva agitação, julgou-se ele possuído por Espíritos malignos e ia precipitar-se do alto de um rochedo quando uma voz se fez ouvir: “Ó Maomé! tu és enviado de Deus; eu sou o anjo Gabriel!”

Levantando os olhos, ele viu então o conhecido anjo sob forma humana, que desapareceu pouco a pouco no horizonte. Essa visão aumentou-lhe a perturbação, embora sua esposa se esforçasse por acalmá-lo. Varaka, primo dela, pessoa afamada por sua sabedoria, explicou-lhe: “Se o que acabas de dizer é verdade, teu marido foi visitado pelo grande Nâmous, que outrora visitou Moisés; ele será profeta deste povo”.’

https://www.bonde.com.br/blogs/o-espiritismo-responde-alcorao-120861.html

 

“Na religião Cristã, O Arcanjo Gabriel é o anunciador da vinda Palavra, que anuncia a encarnação do Verbo de Deus, que traz a justiça e a verdade, mas também o amor e a fraternidade.

No Islã, O Arcanjo Gabriel é o “espírito repleto de Fé” que dita o Corão a Maomé.”

https://pt.wikipedia.org/wiki/Gabriel_(anjo)

Alcorão, Sura 16: As Abelhas

Dois trechos.

Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.

A sentença de Deus está chegando. Não precisais apressá-la. Glorificado e exaltado seja acima dos que Lhe associam!

Ele manda descer os anjos, com o espírito, sobre quem Lhe apraz entre Seus servos: “Adverti que não há deus senão Eu. E a Mim temei.”

Criou os céus e a terra pela vontade. Exaltado seja acima dos que Lhe associam!

Criou o homem de uma gota de sêmen, e ei-lo um chicanista manifesto.

E criou para vós os rebanhos, dos quais tirais o vestuário que vos aquece, e os alimentos, e outras utilidades,

E nos quais encontrais beleza quando os reconduzis à noite aos apriscos, e quando os levais, pela manhã, aos pastos.

E carregam vossos fardos para terras que não poderíeis alcançar senão com grandes esforços. Vosso Senhor é clemente e misericordioso.

E criou os cavalos, e os mulos, e os asnos para que os cavalgueis, e para o aparto também. E cria o que não sabeis.

A Deus pertence indicar o caminho certo, do qual tantos se afastam. E se quisesse, a todos guiaria.

É Ele quem envia do céu a água que aplaca vossa sede e faz crescer as plantas que alimentam vossos rebanhos.

Com ela, dá nascimento aos cereais e às oliveiras e às tamareiras e às parreiras e a toda espécie de árvores frutíferas. Há nisso um sinal para os que refletem.

E submeteu-vos a noite e o dia, e o sol e a lua, e as estrelas – os quais a Ele obedecem. Há nisso sinais para os que raciocinam.

E no que Ele criou para vós na terra, quantas cores diferentes! Há nisso um sinal para os que refletem.

E foi Ele quem submeteu o mar para que dele comêsseis carne tenra e tirásseis ornamentos para vosso uso. Nele, vedes navios deslizando e nele podeis procurar pela Sua generosidade. Possais agradecer!

E jogou montanhas sobre a terra para fixá-la e impedi-la de mover-se, convosco, e criou os rios e as estradas para que pudésseis orientar-vos.

E criou pontos de referência. É pelas estrelas que os homens se guiam.

Compara-se quem cria a quem nada cria? Não vos lembrareis?

E se procurardes contar os benefícios de Deus, não o conseguireis. Deus é clemente e misericordioso.

E Ele conhece o que proclamais e o que ocultais.

E os deuses que eles invocam em vez de Deus nada criam e são eles mesmos criados.

E não são vivos. São mortos, e ignoram quando serão ressucitados. Não raciocinais?

Vosso Deus é o Deus único. Os que não crêem na vida eterna carregam a negação no coração e enchem-se de orgulho.

Sem dúvida, Deus sabe o que ocultam e o que proclamam. Ele não ama os orgulhosos.

E quando se lhes pergunta: “O que foi que vosso Senhor revelou?” Respondem: “Fábulas dos tempos antigos.”

Carregarão seus fardos inteiros no dia da Ressurreição e parte dos fardos daqueles que eles tiverem desencaminhado por ignorância. Detestáveis serão seus fardos!

Aos pidedosos perguntar-se-á: “Que foi que vosso Senhor revelou?” Responderão: “O melhor.” Os que praticam o bem receberão sua recompensa neste mundo. Contudo, a mansão do Além é preferível. Magnífica é a morada dos piedosos!

Entrarão nos jardins do Éden nos quais correm os rios. E lá ser-lhe-à dado tudo o que desejarem. Assim Deus recompensa os piedosos,

Cujas almas bondosas, os anjos receberão, dizendo-lhes: “Entrai no Paraíso por vossas boas obras.”

E que podemn os descrentes esperar senão a chegada dos anjos da morte ou o cumprimento das ordens de teu Senhor? Assim agiam os que os antecederam. Deus não os maltratou: maltrataram-se a si mesmos.

As consequências de suas perversidades os atingiram, e foram envolvidos pelos flagelos de que escarneciam.

Comentário – Rosana d’ Ávila Uchôa

Os suras sempre começam assim: “Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.’

‘Criou o homem de uma gota de sêmen, e ei-lo um chicanista manifesto.’  Chicanista no dicionário significa trapaceiro, capcioso, que procura enganar.

E quão bela e dadivosa é a obra de Deus! É um sura poético.

‘E criou pontos de referência. É pelas estrelas que os homens se guiam.’  Os homens se guiam pelas estrelas olhando diretamente para elas e também interpretando as posições dos planetas e estrelas através da Astrologia.

‘E submeteu-vos a noite e o dia, e o sol e a lua, e as estrelas – os quais a Ele obedecem. Há nisso sinais para os que raciocinam.’  Tudo no Universo segue uma ordem cósmica. Há uma razão de ser para cada movimento celeste, obedecendo cada planeta ao seu ciclo. A Terra leva 365 dias para dar uma volta completa ao redor do Sol. A Lua leva 28 dias em suas fases. Saturno dá uma volta ao redor do Sol em 29 anos e meio.

Esses ciclos também acontecem em nossas vidas e cada planeta tem o seu significado. A Astrologia aponta os sinais da correspondência entre ciclos no céu e ciclos no homem.

‘… e criou os rios e as estradas para que pudésseis orientar-vos.’ Para que sempre saibamos para aonde e como estamos indo.

‘E se procurardes contar os benefícios de Deus, não o conseguireis. Deus é clemente e misericordioso.’

As Abelhas fala sobre as consequências dos atos. Os atos nos atingem. Deus recompensa os piedosos e as boas obras, sendo claro ao afirmar que quando ocorre o sofrimento, Deus não os maltratou. Maltrataram-se a si mesmos.

‘Os que praticam o bem receberão sua recompensa neste mundo. Contudo, a mansão do Além é preferível. Magnífica é a morada dos piedosos!  Nessa primeira frase o Arcanjo está a meu ver confessando a reencarnação. Ele está afirmando que receberão sua recompensa neste mundo e muitas vezes não é nesta mesma vida que isso tem condições de acontecer.

‘A Deus pertence indicar o caminho certo, do qual tantos se afastam. E se quisesse, a todos guiaria.’ Deus nos criou para sermos felizes e bem-aventurados, neste mundo e na outra dimensão. Deus sempre envia seus profetas e Mestres para nos guiar nesse mundo. O conhecimento e a sabedoria está toda escrita e exemplificada para quem quiser seguir como buscador da fé e do amor.

Ele repete “Há nisso um sinal para os que refletem.” “Há nisso sinais para os que raciocinam.”

 

Sobre As Abelhas e A Polinização

Você pode encontrar uma abelha em quase qualquer lugar do mundo. O único continente sem abelhas é a Antárctica. Em qualquer outro lugar, mais de 20 mil espécies de abelhas trabalham todos os dias para fazer  do nosso planeta um lugar mais colorido, cheio de flores e também mais saboroso e cheio de frutos.

Você sabia que 35% do que comemos e 70% das plantas cultivadas dependem da polinização?

No geral, quando falamos de abelhas pensamos de  imediato apenas na produção de mel e nem lembramos da polinização das flores. Deste modo, deve-se de logo ser evidenciado que as abelhas são os principais agentes polinizadores da natureza e são responsáveis pela polinização de 70 % das plantas que fornecem alimentos para o homem.

As abelhas são as maiores polinizadoras do mundo e, sem elas, 30% das nossas lavouras mundiais, e 90% das plantas selvagens iriam morrer.

Além disso, em todo o mundo pessoas criam abelhas para produzir o mel que você compra no mercado. Sem as abelhas, teríamos dificuldades de produzir nossos alimentos.

Albert Einstein já enfatizava que “se as abelhas desaparecerem da face da terra, a humanidade terá apenas mais quatro anos de existência, sem abelhas não há polinização, não há reprodução da flora, sem flora não há animais, sem animais não haverá raça humana”.

‘A notícia de que abelhas estão ficando viciadas em agrotóxicos chocou muita gente na semana passada. Se você não acompanhou, trata-se de um estudo recém-publicado por cientistas da Imperial College London, do Reino Unido, trazendo mais evidências de que nossas amigas polinizadoras estão desenvolvendo dependência por neonicotinóides, compostos quimicamente semelhantes à nicotina do cigarro, levando-as à morte. E agora, José?

Por conta do risco para as abelhas, o uso de algumas dessas substâncias está suspenso na União Europeia. No Brasil, infelizmente, esses venenos ainda são utilizados em larga escala nas plantações via pulverização aérea e terrestre. Isso tudo mesmo havendo pesquisas conectando o declínio de colônias de abelhas em São Paulo e Santa Catarina à aplicação de neonicotinóides e outros pesticidas.’

http://vidanat.com.br/informacoes/informacoes-1/

Socorro, as abelhas estão sumindo – por Tatiana Matos

Greenpeace

 

 

 

0 comentários

Deixe uma resposta

+ 55 41 99933-3679

contato@planetafuturo.org

Rosana d’ Ávila Uchôa